Sobre

Prazer, sou Val Cruz.

Quero contar sua história!


Sou esposa do João, mãe de Amélia (nossa gatínea), filha de Bel e neta de Margarida.

Sou de uma família que se reúne pra contar causos, lembranças de outros tempos, e alguns de tempos que nem éramos nascidos.
Amo histórias.


Tentei que a fotografia fosse somente um hobby na minha história, mas um causo pra contar pros filhos.

Mas a fotografia se tornou um caminho, que gostei de trilhar, e fiquei, e hoje sou.
Me apaixonei pelo que hoje possuo.
Porque quando você captura a lembrança de alguém, essa história se torna sua também.

Fotografar me proporcionou mais que uma paixão e uma profissão.
Me deu uma forma estreitar laços. De entender o próximo. De amar mais.

Fotografar famílias é uma honra que me dá o prazer de ver sonhos se tornarem realidade, de filhas se tornarem esposas, e esposas em mães, e mães serem amor que une uma família como liga.

São riquezas imensuráveis que não cabem em nenhum baú do mundo, mas cabem em uma lembrança, cabem na fotografia.